Rotam oferece aulas de jiu-jítsu para crianças da Estrutural

Para se inscrever, é necessário ter de 6 a 12 anos, estar matriculado na escola e participar do cadastramento nesta sexta (19)

Alunos de 6 a 12 anos que moram na Estrutural poderão ter aulas gratuitas de jiu-jítsu pelo projeto social Rotam na Comunidade, da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

Para participar, é necessário se cadastrar previamente no Batalhão das Rondas Ostensivas Táticas Moto
O cadastramento ocorrerá nesta sexta-feira (19), a partir das 14 horas. A criança deverá estar matriculada na escola e acompanhada do responsável.

As aulas serão de segunda a quinta-feira, no período da tarde, no pátio do batalhão.

Idealizador do projeto, o cabo Bernardo luta jiu-jítsu há 24 anos, é faixa preta da modalidade, 3° grau, e bicampeão mundial de policiais e bombeiros.

Com vasto histórico de competições, o policial conta que agora quer formar novos campeões e distanciar os meninos e meninas da vulnerabilidade social a que estão expostos.

Para ele, além de possibilitar o desenvolvimento físico e ensinar autodefesa, as aulas vão aproximar os alunos da Polícia Militar.

“Eles aprenderão a distinguir uma competição de uma briga e saber usar todo esse conhecimento para o bem, e não para o mal”, exemplifica o cabo Bernardo, ao citar benefícios do esporte.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.