Show pirotécnico surpreende 40 mil espectadores no Morro da Capelinha

Na tradicional via-sacra de Planaltina, na noite desta sexta (30), atores representaram arcanjos antes do último ato, o da ressurreição de Cristo.

Um show de pirotecnia com representantes dos arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael na 45ª Via-Sacra no Morro da Capelinha, em Planaltina, surpreendeu os 40 mil espectadores (segundo números da Polícia Militar) na noite desta Sexta-Feira Santa (30).Ao final, atores representaram arcanjos, como Miguel, e surpreenderam os fiéis que acompanhavam a Via-Sacra do Morro da Capelinha. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

O tema da tradicional encenação neste ano foi Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida, e o público começou a chegar logo pela manhã — algumas pessoas até mesmo de madrugada — para garantir os melhores lugares ao longo do trajeto da Paixão de Cristo: do tribunal de Pôncio Pilatos ao Monte Calvário.

O auxiliar de serviços gerais Gil Peres, de 40 anos, levou toda a família para assistir à encenação desde o início. “Esse é um dia único para nós, católicos, o momento de agradecer e lembrar que, depois da dor, vêm as coisas boas”, reflete o morador de Águas Lindas de Goiás, município no Entorno do DF.

Acompanhado da esposa e dos filhos, de 7 e de 10 anos, ele chegou às 14h30 para não perder nenhuma parte da encenação. “Nós, pais, somos os primeiros catequistas da vida dos nossos filhos, por isso a importância de ensinar as crianças desde cedo a história de Cristo.”
"Esse é um dia único para nós, católicos, o momento de agradecer e lembrar que, depois da dor, vêm as coisas boas"Gil Peres, auxiliar de serviços gerais

Ao todo, 1,4 mil voluntários trabalharam no evento: 800 na encenação e 600 na produção, som, figurino e iluminação. O evento é promovido pela Paróquia de São Sebastião desde 1973.

A Polícia Militar alocou 450 servidores para garantir a segurança. Sete pessoas foram detidas por posse de drogas. Já a Polícia Civil do DF esteve presente com a Delegacia Móvel.

O Corpo de Bombeiros deslocou 74 militares e 17 viaturas, 1 helicóptero e a plataforma de observação elevada, com nove câmeras apontadas para os pontos de concentração de público no percurso.

A Secretaria de Saúde atuou com três pontos de atendimento, distribuídos pela subida do Morro da Capelinha.

Para abarcar a grandiosidade do evento, o trânsito da DF-230 foi alterado desde as 13 horas, com sentido único no trecho entre o Colégio Agrícola e a rotatória com a DF-130.Quarenta mil pessoas acompanharam a encenação da Paixão de Cristo em Planaltina. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Uma das quatro vias de acesso ao morro foi fechada para passagem dos pedestres e reaberta às 21 horas.

O Departamento de Trânsito (Detran-DF) empregou efetivo de 35 agentes e 15 viaturas. Dois guinchos e uma empilhadeira da autarquia deram suporte ao trabalho dos agentes.

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) distribuiu água em pontos espalhados pela encenação. Servidores da Secretaria de Saúde, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros também receberam apoio da Caesb.
SOS Criança passa a funcionar todos os dias

Depois da Via-Sacra do Morro da Capelinha, o telefone do SOS Criança ficará permanentemente disponível 24 horas por dia. Antes, o serviço era acionado apenas para eventos com grande público como o carnaval.

Na mensagem, deve-se informar o lugar onde a criança foi encontrada, enviar uma foto dela e dizer sob a guarda de qual agente público ela ficou — policiais militares, bombeiros ou servidores do Detran. Por meio dele, as autoridades podem ser alertadas sobre ocorrências de desaparecimento. O número é o (61) 99212-7776.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.