Governador participa de noite solidária da Apae

Evento beneficente em apoio à causa da pessoa com deficiência intelectual e múltipla ocorreu nesta quarta (18), no Hípica Hall.

A terceira edição do Corações Vips, noite solidária da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais do Distrito Federal (Apae-DF), ocorreu nesta quarta-feira (18). O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, acompanhado da esposa, Márcia Rollemberg, prestigiou o evento.

O jantar beneficente, assinado pelo chef Dudu Camargo, foi oferecido no Espaço Hípica Hall em apoio à causa da pessoa com deficiência intelectual e múltipla. Um dos destaques da noite foi a presença da Miss Mundo, a indiana Manushi Chhillar.Um dos destaques da noite foi a presença da Miss Mundo, a indiana Manushi Chhillar, que desfilou com Maria Clara. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

A visita de Manushi ao Brasil faz parte de um tour mundial de caridade e boa vontade, intitulado Beauty With a Purpose World Tour. Em 2018, a Miss Mundo e sua comitiva já estiveram em diversas regiões da Índia, China, Indonésia, Reino Unido, Ilhas Virgens Britânicas e Estados Unidos, na defesa de ações filantrópicas.

Durante o evento da noite de hoje, Manushi disse estar encantada com o trabalho da Apae. “Eu acredito na diversidade e união e estou honrada de fazer parte de algo tão bonito”.
Apae promove ações de educação profissional, desenvolvimento acadêmico, inserção e acompanhamento no trabalho

Estudante de medicina, a Miss também falou sobre a visita que fez ao Hospital da Criança de Brasília, a convite do governador. “Fiquei maravilhada com hospital e acredito que deve servir de exemplo.”

O evento contou com desfile de moda dos atendidos pela associação. Estavam também presentes os brasileiros Carlos Franco, Mister World Brasil 2018; Gabrielle Vilela, Miss Mundo Brasil 2017; Isabela Schott, Miss Brasília 2018; e Jesus de Lima, Mister Brasília 2018.

A Apae foi criada com a união de pais e familiares de pessoas com deficiência intelectual e múltipla.

Os programas da instituição são voltados para a educação profissional, o desenvolvimento acadêmico, a inserção e o acompanhamento no trabalho. O projeto ainda promove atividades de arte, esporte, cultura e lazer.


LEIA TAMBÉM


MISS MUNDO PEDE A GOVERNADOR APOIO A ONG QUE CUIDA DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

A entidade, conforme sua presidente, Diva da Silva, beneficia cerca de 700 pessoas por ano, entre profissionais com deficiência acompanhados no mercado de trabalho e aprendizes em formação nas oficinas.

Além de sua sede em Brasília, a associação tem outras unidades de atendimento em Ceilândia, Sobradinho e Guará.

Todas as atividades promovidas pela Apae são custeadas por meio da contribuição de sócios, doações diretas da comunidade e arrecadações em eventos.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.