Rollemberg anuncia nomes que deixam o governo de Brasília

Secretários, adjuntos e outros gestores saem dos cargos públicos em respeito às regras do TSE para aqueles que desejam se candidatar às eleições de 2018.

O governador Rodrigo Rollemberg anunciou, nesta sexta-feira (6), o nome de gestores que deixam seus cargos públicos no governo de Brasília em cumprimento às regras do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para aqueles que desejam se candidatar nas eleições de 2018.

Alguns deles, exonerados dos Cargos de Natureza Política (CNP) que ocupavam, foram nomeados para Cargos de Natureza Especial (CNE), nos quais podem permanecer por mais três meses, como permite a lei. Os atos foram publicados hoje em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal.O governador Rodrigo Rollemberg anunciou, nesta sexta-feira (6), os nomes que deixam o governo de Brasília. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Para Rollemberg, os que saem deixam o governo para continuar uma missão. “É um profundo agradecimento por terem dado o melhor do seu tempo e de sua energia para construir uma cidade melhor”, afirmou.

O governador citou ações como o fechamento do Lixão da Estrutural, a desobstrução da orla do Lago Paranoá, os investimentos no Hospital da Criança, a urbanização de locais como o Sol Nascente, em Ceilândia, e o enfrentamento à crise hídrica como medidas que marcam o esforço coletivo da equipe.

Ainda nesta sexta-feira (6), as exonerações serão publicadas em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal. De acordo com o governador, a maioria dos substitutos também será conhecida por meio da publicação.

A previsão é que os novos gestores assumam os cargos, em posse coletiva, no início da próxima semana. “Vão continuar o trabalho em prol da população de Brasília. Grande parte será de pessoas que já se encontram nas secretarias”, explicou Rollemberg.

Ele adiantou que, entre as novidades, há a mudança na pasta de Cidades, que passará a ser chefiada pelo coronel Hamilton Esteves Júnior, ex-comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do DF.

No evento, a então secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos, falou em nome do grupo que sai do governo de Brasília com o intuito de se candidatar nas próximas eleições.

Ela avaliou que a equipe cumpriu a missão e seguirá leal aos ideais estabelecidos ao lado do governador. “Acreditamos nesse projeto colaborativo que construímos aqui. Saímos porque queremos que ele se aprofunde”, disse.

Abaixo a lista dos que deixarão cargos no governo de Brasília:
Secretários Quem sai
Cidades Marcos Dantas
Esporte, Turismo e Lazer Leila Barros
Meio Ambiente Igor Tokarski
Planejamento, Orçamento e Gestão Leany Lemos
Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude Aurélio de Paula Guedes Araújo
Projetos Estratégicos Maria de Lourdes Abadia



Secretários-adjuntos Quem sai
Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria de Economia, Desenvolvimento, Inovação, Ciência e Tecnologia Thiago Jarjour
Mobiliário Urbano e Participação Social da Secretaria das Cidades Marlon Anderson da Costa



Subsecretários Quem sai
Integração de Ações Sociais da Fábrica Social da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos Virgílio do Rego Monteiro Neto
Políticas de Direitos Humanos da Secretaria do Trabalho Rodrigo Oliveira de Castro Dias
Políticas para Mulheres da Secretaria do Trabalho Raíssa Alessandra Rossiter
Administração Geral da Secretaria de Educação Isaías Aparecido da Silva
Educação Básica da Secretaria de Educação Daniel Damasceno Crepaldi
Planejamento da Secretaria de Educação Fábio Pereira de Sousa



Administradores regionais Quem sai
Candangolândia, Núcleo Bandeirante e Park Way Roosevelt Vilela
Gama Maria Antônia Rodrigues Magalhães
Lago Sul e Jardim Botânico Alessandro Fabrício Clemente Paiva
Plano Piloto Gustavo de Magalhães Júnior
Sobradinho II e Fercal (interino) Charles de Magalhães Araújo Júnior



Outros gestores
Quem sai
Controladoria-Geral do Distrito Federal Henrique Moraes Ziller (controlador-geral)
Sociedade de Transportes Coletivos (TCB) André Brandão Peres (diretor-presidente)
Sociedade de Transportes Coletivos (TCB) Roberto Medeiros Santos (diretor administrativo e financeiro)

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.