Sai o edital para escolha da OSC que organizará o Brasília Junina

Chamamento público busca Organização da Sociedade Civil para gerenciar a seleção dos grupos e a programação dos festejos de junho em 201.

A 3ª edição do Brasília Junina, circuito de quadrilhas dos festejos populares do mês de junho, abriu chamamento público para escolha da Organização da Sociedade Civil (OSC) que vai gerenciar a escolha dos grupos e a programação do evento.

As organizações interessadas no certame devem acessar o edital publicado no Diário Oficial do Distrito Federal em edição extra de 29 de março. O modelo de proposta e a ficha de inscrição podem ser obtidos pela internet.

Serão aceitas inscrições até 30 de abril por e-mail ou em envelope lacrado, que deve ser entregue no Protocolo da Secretaria de Cultura.

Este ano, será destinado um montante de R$ 1,8 milhão da própria pasta para custear o Brasília Junina. O circuito contemplará, pelo menos, 40 apresentações de quadrilhas e de 15 trios de forró.

Este ano, o circuito contará com 40 apresentações de quadrilhas e trios de forró de 9 de junho a 29 de julho

A verba cobrirá também os gastos com a organização da etapa brasiliense do campeonato brasileiro de quadrilhas juninas e com apoio aos demais festejos tradicionais da época no DF.

A divulgação do resultado provisório de classificação das propostas está prevista para 7 de maio. O circuito de apresentação dos grupos terá início em 9 de junho, com data limite para término em 29 de julho.

De acordo com a Secretaria de Cultura, em 2016, primeiro ano do projeto, foram selecionados 22 grupos, e o circuito atraiu 4 mil pessoas por fim de semana. O custou foi de R$ 400 mil.

Já no ano passado, foram investidos no circuito R$ 910 mil — R$ 430 mil para montagem das estruturas nas seis regiões e R$ 480 mil para contratações artísticas.

Ainda segundo a pasta, 24 mil pessoas assistiram às apresentações das quadrilhas nas regiões administrativas de Ceilândia, do Guará, de Planaltina, do Paranoá, de Samambaia, de Sobradinho e de Taguatinga.

Além disso, o projeto, que visa fomentar a produção de grupos de folguedos juninos do DF e Entorno, foi convertido em política pública em 1º de agosto de 2017 pelo governador Rodrigo Rollemberg.

3ª edição do Brasília Junina

Envio da ficha de inscrição e da proposta até 30 de abril

Para entrega física: precisam estar assinadas, em envelope lacrado, devidamente identificado.

Devem ser entregues, em horário comercial, no Protocolo da Secretaria de Cultura (Setor Cultural Norte, Via N2, Anexo do Teatro Nacional Claudio Santoro).

Para entrega digital: os documentos precisam estar assinados e digitalizados em formato eletrônico (PDF). Devem ser enviados para o e-mail: circuitobrasiliajunina2018@gmail.com. Serão aceitas até às 23h59 do último dia de inscrição.
Fonte: Agência Brasilia

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.