Centro de Dança promove rodada de negócios para artistas de Brasília

Na sexta (11), curadores de festivais brasileiros vão se reunir com dançarinos que queiram se apresentar nesses eventos pelo País. Para participar, basta ir ao espaço cultural.

Artistas e grupos de Brasília que queiram se apresentar em festivais do País poderão participar da primeira Rodada de Negócios do Centro de Dança do Distrito Federal. O evento reunirá, na sexta-feira (11), três curadores nacionais para ação direta com o mercado da dança.

O artista deve levar materiais para apresentar seu trabalho artístico, como imagens e textos

As inscrições serão feitas na hora e por ordem de chegada. A ideia é que curadores e artistas conversem e estabeleçam parcerias. A estimativa é que cada conversa tenha cerca de 10 minutos e que cada curador seja apresentado a pelo menos 12 projetos.

Não há número de vagas. O limite é o horário — a rodada de negócios vai das 18 às 20 horas.

O artista deve levar materiais sobre o trabalho artístico, como imagens e textos. O ideal é a participação de pessoas que já tenham obra estreada e pronta para circulação ou de quem já está em algum processo de pesquisa, criação ou investigação artística.
Perfil dos curadores convidados para a rodada de negócios do Centro de Dança do DF

Fátima Suarez – Jornada de Dança da Bahia
É a curadora da Jornada de Dança da Bahia, que está na décima edição neste ano. O festival integra educação e dança e é inspirado nos ideais e na filosofia da dançarina Isadora Duncan.

Fátima é ainda diretora da Escola Contemporânea de Dança, fundada por ela em Salvador (BA) em 1990. Graduada em dança pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e em balé clássico pela Escola de Ballet do Teatro Castro Alves, especializou-se em dança moderna e coreografia em escolas da Inglaterra e dos Estados Unidos.

Nayse López – Festival Panorama
É diretora-geral do Festival Panorama, o maior festival de dança do País e um dos maiores da América Latina, que ocorre no Rio de Janeiro (RJ). Com mais de 20 edições, o evento é conhecido por ser pioneiro em associar arte contemporânea a preços populares. Atrai mais de 20 mil pessoas por edição.

Nayse López é jornalista e curadora desde 1992. Entre os projetos desenvolvidos por ela está a Conferência Internacional de Dança e Cooperação Cultural, em 2005. Desde 2006, é diretora-geral e artística do Festival Panorama. É também fundadora e editora do site especializado em dança Idanca.net.

Neto Machado – IC Encontro de Artes

É ator, dançarino, comunicador, coreógrafo e diretor. Ele vai representar o encontro internacional Interação e Conectividade (IC), que ocorre em Salvador (BA) desde 2006. O projeto abre espaço para articulações, reflexões e intercâmbios como uma plataforma de criação e difusão, intermeando os campos da dança, teatro, performance, música, audiovisual e artes visuais, além da crítica artística e da comunicação.

Neto Machado é mestre em artes cênicas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Já se apresentou em mais de 50 cidades brasileiras e 10 países, passando por lugares como o Tate Modern, em Londres (Inglaterra), o Instituto Massachusetts de Tecnologia (MIT, em inglês), em Boston (Estados Unidos), e o Centro Pompidou, em Paris (França).

Rodada de Negócios do Centro de Dança do DF
11 de maio (sexta-feira)
Das 18 às 20 horas
Centro de Dança (SAN Quadra 1, Via N2, Setor Cultural Norte)
Participação gratuita

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.