Governo de Brasília decreta ponto facultativo na sexta-feira (1º)

Medida visa reduzir a circulação de veículos. Decisão foi anunciada durante reunião do gabinete de crise que articula ações relacionadas à paralisação nacional de caminhoneiros.

Além do ponto facultativo nesta quinta-feira (31), em razão da celebração de Corpus Christi, o governo de Brasília vai decretar a dispensa também na sexta-feira (1º).O governador Rollemberg anunciou ponto facultativo na sexta-feira (1º) durante reunião do gabinete integrado de acompanhamento da greve dos caminhoneiros. Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

A decisão foi anunciada pelo governador Rodrigo Rollemberg, nesta quarta-feira (30), durante reunião do gabinete de crise do DF que acompanha a paralisação nacional de caminhoneiros.

De acordo com ele, a medida visa “reduzir a circulação de veículos na cidade e contribuir para um retorno à normalidade na segunda-feira”.

Com a medida, não haverá atendimento em serviços que não são ininterruptos na Saúde, como farmácias, consultas ambulatoriais e unidades básicas.

O governador determinou que a pasta retome a normalidade dos atendimentos, com cirurgias eletivas, consultas, exames e outras atividades nas UBS, a partir de segunda (4).

Na Educação, o governo informou que a maioria das escolas já havia se organizado para não ter atividades na sexta.
Transporte público

Nesta quinta-feira (31), dia de Corpus Christi, o sistema público de transporte coletivo funcionará com a escala de domingo. Haverá reforço na Esplanada dos Ministérios, em razão da celebração religiosa. O metrô vai circular das 7 às 21 horas.

Na sexta (1º), os ônibus vão funcionar com a escala de sábado. Já no sábado (2), será adotada a tabela de domingo.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.