Religiosidade drusa é retratada em exposição no Buriti

Mostra reúne 38 fotografias que apresentam demonstrações da crença em Israel. Visitação fica aberta até 30 de maio no Salão Branco

A exposição fotográfica Olhar Druso — Religiosidade em Israel foi aberta na noite desta segunda-feira (14) no Salão Branco do Palácio do Buriti.Exposição fotográfica Olhar Druso — Religiosidade em Israel pode ser visitada até 30 de maio no Salão Branco do Palácio do Buriti. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

Até 30 de maio, com foco na comunidade drusa, de Israel, a mostra apresenta imagens de demonstrações de fé daquele país.

Promovida pelo governo de Brasília em parceria com a Embaixada de Israel, a mostra reúne 38 imagens de sete integrantes do Clube de Fotógrafos Drusos: Amir Zaian, Effo Backria, Eyal Amer, Fares Saaida, Jamal Ali, Rabia Basha e Zohar Ferro.

A chefe da Assessoria Internacional, Renata Zuquim, lembrou outras parcerias da missão representativa israelense com o Executivo local. “[Israel] Foi um dos primeiros países a participar do programa Embaixadas de Portas Abertas e colaborou com a Alameda das Nações e dos Estados no Jardim Botânico.”

Aberta de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, a intenção da mostra é abrir diálogos entre religiosidades e apresentar a fé da comunidade drusa para brasileiros e israelenses que vivem no Brasil. A maioria dos drusos que há no País mora em São Paulo.

Mostra fotográfica Olhar Druso – Religiosidade em Israel
Até 30 de maio (quarta-feira)
De segunda a sexta-feira
Das 8 às 18 horas
No Salão Branco do Palácio do Buriti

Fonte: Agência Brasília

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.