Aberta a temporada de ipês-roxos em Brasília

Ipês-roxos colorem as ruas de
 Brasília/Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Com a chegada dos ipês-roxos, a cidade está mais florida e bonita.

Em meio às discussões políticas e negociações econômicas, Brasília está mais bonita e florida. É a temporada dos ipês-roxos. Depois vêm os amarelos, os rosa e os brancos. Época de admirar a cidade. A estimativa é que existam mais de 600 mil ipês no Distrito Federal, dos quais cerca de 200 mil estão no Plano Piloto, região central.

É comum todos os dias esbarrar com alguém fotografando ou filmando um ipê. Eles estão nos tradicionais cartões-postais da cidade, como a Esplanada dos Ministérios e em frente à Catedral de Brasília. Também estão nas entrequadras e transformam o asfaltos e as calçadas em grandes tapetes de flores.

A coloração gera polêmica pois há quem fique na dúvida se as flores são rosa ou realmente roxas. Controvérsia que estimula a criatividade dos brasilienses. Os especialistas afirmam que o espetáculo das flores tem tempo curto de duração, em média, 15 dias.

Já as espécies rosa e branca só aparecem em meados de agosto. As brancas têm o período de floração ainda mais curto – de uma semana a dez dias.

O ipê tornou-se a Flor Símbolo Nacional do Brasil, com a publicação da Lei nº 6.507, em 1978.

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) é responsável pelas mudas de ipês que vêm dos viveiros da própria empresa. Para quem tiver interesse em ter seu próprio pé, existe a possibilidade de compra de mudas excedentes.

Fonte: Agência Brasil

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.