Brasília Junina 2018 começa por Ceilândia

Praça do Trabalhador foi palco do circuito, que teve início na sexta (15) e segue até 29 de julho em mais seis localidades do DF e da Ride. Terceira edição contempla 40 quadrilhas.

Ceilândia foi a primeira região administrativa a receber o Brasília Junina de 2018. O circuito, que ocupou a Praça do Trabalhador desde sexta-feira (15), despediu-se da cidade neste domingo (17).O grupo Se Bobiá a Gente Pimba foi uma das 25 quadrilhas que se apresentaram no Brasília Junina em Ceilândia. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Segundo a organização, com o público de hoje, 6 mil pessoas passaram pelo festejo, que contou com 25 quadrilhas, show de forró e repente com artistas locais.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, assistiu às apresentações desta noite.

Neste ano, a programação passará ainda por outras seis localidades: Águas Lindas de Goiás, Paranoá, Samambaia, São Sebastião, Sobradinho e Taguatinga.

Em cada uma delas, como em Ceilândia, será montada a Arena Brasília Junina. A estrutura abriga área para números de dança e música, praça de alimentação com comidas típicas e espaço para expositores de artesanato.

A terceira edição contempla 40 quadrilhas juninas, 15 trios de forró e apoio aos festejos juninos tradicionais de Brasília e da Região Integrada de Desenvolvimento do DF e Entorno (Ride).

Além disso, o circuito inclui a 56ª festa do Boi de Seu Teodoro. A tradicional atração será em 23 de junho, em Sobradinho, na Quadra 15, Área Especial 2.

Ao todo, segundo a Secretaria de Cultura, o investimento público no Brasília Junina de 2018 soma R$ 1,8 milhão.

Pela primeira vez, o evento é organizado em conjunto com uma organização da sociedade civil, a Associação Imaginário Cultural, selecionada por meio de chamamento público.

A medida segue as diretrizes do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil e os princípios da Lei Orgânica da Cultura do DF (LOC).

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.