Câmara Legislativa debate segurança no trânsito para motociclistas

Motociclistas são 31,3% dos óbitos nas vias

As políticas públicas de segurança no trânsito voltadas para os motociclistas foram debatidas hoje (19), em audiência pública realizada na Câmara Legislativa. A iniciativa partiu do deputado Raimundo Ribeiro (PPS), que apresentou dados alarmantes sobre acidentes de trânsito no DF. "Os motociclistas compõem 11% da nossa frota, mas quando analisamos os números sobre acidentes fatais, descobrimos que os motociclistas representam 31,3% dos óbitos", observou.

Representantes dos órgãos de trânsito e integrantes de motoclubes da capital participaram da audiência. Gláucia Simões chamou a atenção para a falta de qualidade dos cursos de formação de novos motociclistas. "Muitos saem habilitados da autoescola, mas não se sentem seguros de pilotar nas ruas. Isso indica que há algo de errado na formação dos motociclistas", afirmou Simões, pedindo ainda maior fiscalização dos centros de formação.

Thiago Moreira dos Santos, servidor do Detran-DF, alertou para o alto índice de acidentes fatais envolvendo motocicletas e frisou a necessidade de veiculação de campanhas educativas. "A campanha ‘Pare de Dirigir Teclando' faz sucesso entre todos os atores do trânsito. De fato, o uso de celular ao volante tem causado inúmeros problemas em nosso trânsito", disse.

No primeiro semestre deste ano, das 115 mortes em acidentes do DF, 36 foram de motociclistas. No mesmo período do ano passado, foram 191 mortes no trânsito, das quais 47 foram de motociclistas. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF) contabilizou, de janeiro a maio deste ano, 13 mortes nas rodovias federais que cortam o DF.

A possível criação de faixas exclusivas para motociclistas foi apontada como uma das alternativas para melhorar a segurança no trânsito, mas não houve consenso sobre a medida. "Ainda precisamos de estudos mais aprofundados, até porque mesmo motocicletas da Polícia Militar sofrem dificuldades para usar faixas exclusivas, como a da EPTG", ponderou Alisson Nobre, major do Batalhão de Policiamento de Trânsito da Polícia Militar.

Éder Wen
Fotos: Sílvio Abdon
Comunicação Social – Câmara Legislativa

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.