Propostas de Risomar Carvalho para enfrentar o desemprego no DF

Brasília não é uma ilha imune ao desemprego que assola o Brasil. Em abril de 2018 a taxa de desemprego no Distrito Federal aumentou de 18,9% para 19,2%, segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), divulgada em maio pela Companhia de Planejamento/DF – Codeplan. O total de desempregad@s chegou a 315 mil, sem perspectiva de retornar ao mercado de trabalho ou obter o primeiro emprego.

Candidato a deputado distrital, Risomar – 15111/PSD apresenta as seguintes propostas para gerar emprego e renda, o que contribui também para reverter outros índices negativos, como o analfabetismo, mortalidade infantil, criminalidade, violência, etc.

Site ‘Há Vagas’: criar um site que cadastra pessoas em busca de emprego e oferece vagas disponíveis em tempo real. Mantido por empresas que buscam profissionais qualificad@s para seus empreendimentos, este site facilita o mercado de trabalho, encurtando o caminho entre quem oferece e quem procura oportunidades;

Qualificação profissional: realizar cursos, treinamentos e capacitação para trabalhador@s da indústria, comércio e serviços em geral;

Primeiro emprego: fortalecer programas como o Meu Primeiro Emprego, incentivando as empresas a contratarem jovens sem experiência profissional;

Novos empreendimentos: em parceria com os governos Federal e Distrital, atrair novos empreendimentos para o Distrito Federal, destacando sua boa localização geográfica e a mão-de-obra qualificada nas ações de qualificação realizadas;

Feiras livres: organizar e ampliar espaços disponíveis para feiras livres, tornando-as mais convidativas aos consumidores e aumentando as vendas d@s feirantes;

Arte e cultura: fomentar a arte e a cultura atraindo artistas e públicos locais e de várias partes do mundo, a fim de aquecer a cadeia produtiva da economia criativa;

Ensino Superior: trazer novas instituições de ensino superior, públicas ou privadas, bem como incentivar a ampliação das instituições já existentes e desburocratizar o acesso, por meio do FIES e outros financiamentos;

Publicidade: divulgar atrativos e potencialidades do Distrito Federal, através de campanhas publicitárias que atraiam consumidores e empresários, fortalecendo a economia local, gerando mais postos de trabalho e renda;

Financiamento: subsidiar empresas que qualificam pessoas para o trabalho;

Leis trabalhistas: adequar as leis trabalhistas à era da informação e tecnologia;

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.