Datafolha mostra Ibaneis em alta e Eliana consolidada no segundo turno

Pesquisa aponta Ibaneis com 24%; Eliana, 16%; Rollemberg, 12%; Fraga, 10%. Rosso tem 8%, Chagas tem 4%, Guerra e Miragaya têm 3% cada um. Fátima tem 2%, e outros candidatos não atingem 1%. Levantamento foi feito entre 26 e 28 de setembro.

A mais recente pesquisa do Instituto Datafolha duas tendências importantes. A primeira é a consolidação de Eliana Pedrosa (Pros) no segundo turno. Ela liderou as pesquisas durante um mês e foi alvo dos outros candidatos. Mesmo sofrendo tiroteio cerrado diariamente, manteve-se na frente dos adversários até o início da semana e consolidou uma posição muito firme em torno de 20%.

O desafio de Eliana está em manter sua militância motivada, levando a mensagem da candidata. Na próxima semana, provavelmente na terça-feira (2) teremos um novo Datafolha e uma nova pesquisa do Ibope, que pode inverter algumas posições. Eliana pode crescer novamente e provocar uma onda positiva de votos. A militância motivada e um bom debate na Rede Globo podem ser fatores determinantes, criando a sensação de vitória.

O inverso aconteceu com o candidato Ibaneis Rocha (MDB), que sempre pontuava baixo nas pesquisas. Como não foi o alvo principal, se beneficiou da guerra entre os outros candidatos, manteve a rejeição baixa, e conseguiu um surpreendente crescimento, surgindo pela primeira vez em primeiro lugar no Datafolha desta sexta-feira.

O grande desafio de Ibaneis será manter esse patamar, Ele deve virar o alvo dos ataques a partir de agora e ter sua imagem desconstruída, como fizeram com Eliana. Se conseguir consolidar os votos, mesmo com o tiroteio que sofrerá nesta última semana, conseguirá ir ao segundo turno.

Num cenário de segundo turno, Eliana vence a maior parte dos confrontos. No embate com Ibaneis, o candidato do MDB leva vantagem. A explicação é a baixa rejeição de Ibaneis, que foi poupado pelos adversários de ataques até então. A tendência a partir de agora é que sua rejeição aumente, a medida que novos fatos venha a ser revelados.

Veja as intenções de votos de primeiro turno:

Ibaneis (MDB): 24%
Eliana Pedrosa (Pros): 16%
Rodrigo Rollemberg (PSB): 12%
Alberto Fraga (DEM): 10%
Rogério Rosso (PSD): 8%
General Paulo Chagas (PRP): 4%
Alexandre Guerra (Novo): 3%
Miragaya (PT): 3%
Fátima Sousa (PSOL): 2%
Renan Rosa (PCO): 0%
Guillen (PSTU): 0%
Brancos/nulos: 13%
Não sabe: 5%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”. É o quarto levantamento do Datafolha realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.
No levantamento anterior, feito entre 18 e 19 de setembro, os percentuais de intenção de voto eram os seguintes: Eliana Pedrosa: 20%; Alberto Fraga: 14%; Ibaneis: 13%; Rodrigo Rollemberg: 12%; Rogério Rosso: 11%; General Paulo Chagas: 5%; Miragaya: 3%; Alexandre Guerra: 2%; Fátima Sousa: 2%; Renan Rosa: 0%; Guillen: 0%; Brancos/nulos: 14%; Não sabe: 4%.

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 1.050 eleitores de todas as regiões do DF, com 16 anos ou mais
Quando a pesquisa foi feita: 26 a 28 de setembro
Registro no TSE: DF-03047/2018
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.
0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

Rejeição

O Datafolha também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices:

Rodrigo Rollemberg (PSB): 52%
Alberto Fraga (DEM): 35%
Eliana Pedrosa (Pros): 34%
Miragaya (PT): 26%
Rogério Rosso (PSD): 26%
Fátima Sousa (PSOL): 24%
General Paulo Chagas (PRP): 20%
Renan Rosa (PCO): 19%
Alexandre Guerra (Novo): 18%
Guillen (PSTU): 18%
Ibaneis (MDB): 15%
Votaria em qualquer um / não rejeita nenhum: 2%
Rejeita todos / não votaria em nenhum: 6%
Não sabe: 5%

Simulações de segundo turno


O Datafolha também perguntou as intenções de voto em um possível segundo turno para o governo do Distrito Federal. Foram simulados cenários entre a candidata Eliana Pedrosa – líder isolada na pesquisa anterior – e os quatro candidatos que vinham em seguida, tecnicamente empatados à época.


Os resultados foram:

Eliana 44% x 27% Rollemberg (branco/nulo: 27%; não sabe: 3%)
Eliana 42% x 29% Fraga (branco/nulo: 26%; não sabe: 3%)
Eliana 39% x 34% Rosso (branco/nulo: 24%; não sabe: 3%)
Eliana 32% x 47% Ibaneis (branco/nulo: 18%; não sabe: 3%)

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.