Coronel Cynthiane é primeira mulher a chefiar a Casa Militar do DF

Ela também tem feito inédito no comando do Batalhão de Choque. Transmissão oficial do cargo ocorreu na manhã desta terça (11).

A coronel Cynthiane Maria da Silva Santos é a primeira mulher a assumir o comando da Casa Militar do governo de Brasília. A transmissão oficial do cargo ocorreu na manhã desta terça-feira (11), no Salão Nobre do Palácio do Buriti.A coronel Cynthiane Maria da Silva Santos é a primeira mulher a assumir o comando da Casa Militar do governo de Brasília. A transmissão oficial do cargo ocorreu na manhã desta terça-feira (11), no Salão Nobre do Palácio do Buriti. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Nomeada em 28 de novembro deste ano, ela sucede o coronel Márcio Pereira da Silva, que ficou 11 meses no cargo e foi para a reserva remunerada.

Na solenidade, a coronel Cynthiane disse que orgulho e emoção se confundem. “É um coroamento da minha carreira. Chego a essa fase [como coronel] em uma das duas cadeiras mais importantes que um policial militar poderia ocupar ao longo da carreira.”

A Casa Militar é órgão com status de secretaria no Distrito Federal e destinada à segurança institucional do governador. É integrada por policiais militares, bombeiros e servidores civis.

Para o governador Rodrigo Rollemberg, o fato de uma mulher comandar a Casa Militar do DF pela primeira vez “é sinal de muito simbolismo e demonstra a modernização de uma instituição tão importante para Brasília”.
Feitos inéditos no Brasil

Ao assumir o comando do Batalhão de Choque da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) em 2012, a nova chefe da Casa Militar do DF tornou-se a primeira mulher do País à frente desse tipo de tropa.

Nos feitos inéditos, a coronel também foi a primeira oficial a se formar no Curso de Operações Especiais da PMDF e a representar a instituição em missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) — ocorrida no Timor Leste.

Formada em direito e pós-graduada em metodologia do ensino superior e da pesquisa científica e em ciências jurídicas, já comandou o 7º Batalhão da PMDF, assumiu o posto de subcomandante da Companhia de Operações Especiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e chefiou a Ouvidoria e a Auditoria da corporação.

Antes de assumir o cargo, a coronel Cynthiane atuou ainda nas funções de coordenadora de Segurança da Presidência da República, chefe da Assessoria Jurídica da Casa Militar e chefe de Operações de Segurança da Casa Militar.

Fonte: Agencia Brasilia

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.