Desempenho de gestão é destaque em encontro do Movimento Brasil Competitivo

Indicadores de eficiência foram apresentados nesta quarta (5), em São Paulo, pelo governador Rodrigo Rollemberg. Distrito Federal lidera índice nacional com a redução de homicídios e de mortes no trânsito.

Matéria atualizada com o link correto do Índice de Desafios da Gestão Estadual. O documento publicado anteriormente era apenas do Distrito Federal.

O encontro anual do Movimento Brasil Competitivo apresentou nesta quarta-feira (5) o Índice de Desafios da Gestão Estadual nos últimos três anos.Indicadores de eficiência foram apresentados nesta quarta (5), em São Paulo, pelo governador Rodrigo Rollemberg. Distrito Federal lidera índice nacional com a redução de homicídios e de mortes no trânsito. Foto: MB Competitivo/Divulgação

O Distrito Federal aparece em primeiro lugar com a melhor qualificação de gestão e qualidade de vida em 2018. Em segundo e terceiro lugares, estão São Paulo e Santa Catarina, respectivamente.

A redução das taxas de homicídios e de mortes no trânsito ganharam destaque. O evento, que ocorreu em São Paulo, reuniu lideranças políticas dos setores público e privado para debater questões estruturais para a melhoria da governança e da gestão da administração pública.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, destacou algumas das melhorias em seu mandato e agradeceu pela parceria com o Movimento Brasil Competitivo.

Para ele, o Brasil Competitivo foi fundamental para identificar os problemas mais graves e urgentes e definir uma estratégia de governo que pudesse enfrentar todos os desafios.

Sobre o indicador, Rollemberg ressaltou a implementação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) em todos os órgãos da administração pública, os avanços na segurança pública e na saúde.

“Tivemos a maior redução de homicídios do Brasil, 41% em relação a 2014. Estamos com a menor taxa no DF nos últimos 30 anos”, salientou o governador.

Quanto aos indicadores de trânsito, Rollemberg citou o menor número de mortes na história em 2017.

A implementação do Instituto Hospital de Base e o aumento da cobertura da atenção primária com a Estratégia Saúde da Famíliatambém foram apresentados.

“Adotamos um novo modelo de gestão no nosso Hospital de Base, aplicando o modelo do Hospital Sarah Kubitschek, o que permitiu em 10 meses de funcionamento dobrar o rendimento e aplicar metas.”

De acordo com o presidente do Movimento Brasil Competitivo, Claudio Gastal, o estudo vai além da avaliação de governo. “Serve de mapeamento do que precisa ser melhorado e de quais soluções precisam ser pensadas”, pontuou.
O que é o Movimento Brasil Competitivo

Associação civil de direito privado, sem fins lucrativos ou econômicos, de interesse público, o Movimento Brasil Competitivo estimula o debate e iniciativas para o avanço na transformação ampla do País que contribuam para o crescimento econômico e sustentável.

Dessa forma, coloca à disposição dos setores empresarial e público a capacidade de mobilização para promover a discussão e construir soluções que resultem na melhoria dos serviços ofertados à sociedade.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.