Governo de Brasília apresenta balanço dos 4 anos de gestão

Dados estão no Portal Gestão 2015-2018, lançado na manhã desta sexta (14), no Palácio do Buriti.

Investimentos, obras concluídas e em andamento, políticas públicas implementadas e feitos da gestão Rollemberg foram apresentados nesta sexta-feira (14). As informações estão organizadas no Portal Gestão 2015-2018, lançado em entrevista coletiva à imprensa no Palácio do Buriti.Investimentos, obras concluídas e em andamento, políticas públicas implementadas e feitos da gestão Rollemberg foram apresentados nesta sexta-feira (14). Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

A ferramenta, desenvolvida pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, reúne as principais ações concluídas ou iniciadas no período.

“Esse portal é uma prestação de contas das realizações feitas ao longo de quatro anos. Mas é sobretudo um instrumento de transparência do nosso governo”, destacou o governador Rodrigo Rollemberg.

Entre os principais marcos da gestão, ele citou o encerramento das atividades no Lixão da Estrutural e a desobstrução da orla do Lago Paranoá.

Rollemberg também ressaltou que o site facilitará o trabalho do próximo governo, ao qual desejou sucesso. “O governador eleito terá, em 3 de janeiro, R$ 600 milhões para iniciar sua gestão, já com o salário dos servidores pagos”, acrescentou.
"Esse portal é uma prestação de contas das realizações feitas ao longo de quatro anos. Mas é sobretudo um instrumento de transparência do nosso governo"Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Nos últimos quatro anos, o governo de Brasília investiu mais de R$ 3,1 bilhões. Esse e outros indicadores podem ser acessados no portal.

Na área de segurança hídrica, o chefe do Executivo local avaliou que as medidas ficarão de legado: “A população fez sua parte e nós investimos nas obras do Bananal, do Lago Paranoá e de Corumbá 4, que ficará, da nossa parte, praticamente pronta, para o próximo governo só inaugurar”.

Outras obras em andamento, que serão entregues à população em 2019, foram listadas por Rollemberg. “Vamos deixar o Trecho 1 do Sol Nascente pronto e os Trechos 2 e 3, bem encaminhados, assim como Vicente Pires”, exemplificou.

O Trevo de Triagem Norte, a Ligação Torto-Colorado, a ciclovia da Estrada Parque Taguatinga (EPTG) e 1.376 unidades habitacionais no Residencial Crixá, em São Sebastião, também constam da lista de próximas entregas do Distrito Federal.
Seções do Portal Gestão 2015-2018

Destaques — apresenta realizações como a implementação do segundo bloco do Hospital da Criança, do Bilhete Único e de 31 novas unidades de educação infantil; a reforma do Espaço Cultural Renato Russo; e a criação do programa Brasília Cidadã.

Também há ações do programa Criança Candanga e relação das obras em andamento previstas para o primeiro semestre de 2019.

A aba traz, ainda, as premiações e os reconhecimentos que Brasília recebeu ao longo do período, como o destaque nacional em doações e transplantes de órgãos e o prêmio Capital Ibero-americana da Paz para o biênio de 2017 e 2018.

Áreas temáticas — está dividida em 14 eixos e para cada um deles foram elencadas as iniciativas executadas:
Ciência, tecnologia e inovação
Cultura
Meio ambiente
Desenvolvimento e sustentabilidade
Educação
Políticas para segmentos sociais
Infraestrutura
Saúde
Assistência Social
Gestão e Governança
Mobilidade
Segurança pública
Esporte e lazer
Planejamento metropolitano e rural

Entre os feitos apresentados na seção estão o início das operações do Aterro Sanitário de Brasília e a oferta de cursos e palestras de recolocação profissional pelo programa Qualifica Mais Brasília.

Indicadores — mostra dados de desempenho para oito áreas de maior destaque:

Saúde — a cobertura populacional pelas equipes da Estratégia Saúde da Famíliapassou de 31,8%, em 2014, para 67,8%, em 2018.
Mais de 60 milEscrituras entregues nos últimos quatro anos

Planejamento metropolitano e rural — mais de 60 mil escrituras de moradias entregues de 2015 a 2018.

Educação — a quantidade de alunos matriculados na educação integral foi ampliada: de 46.102 em 2014 para 57.372 em 2018.

Esporte e lazer — os centros olímpicos e paralímpicos atenderam 747.060 pessoas em 2018, contra 549.850 em 2015.

Cultura — 1.559 projetos tiveram apoio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) nos últimos quatro anos.

Segurança — com meta anual de redução de 6% nos índices de crimes violentos letais intencionais, 785 vidas foram preservadas no DF de janeiro de 2015 a novembro de 2018.

Gestão e governança — o número de servidores públicos que participou de capacitações da Escola de Governo do DF mais que triplicou: de 5.686, em 2014, subiu para 19.134 em 2018.

Infraestrutura — de 2015 até outubro deste ano, as ligações ativas de água somam 671.125, com 99% de índice de abastecimento de água. As de esgoto representam 565.116, com 89% de índice de abastecimento de esgoto.

Marcos legais — lista as principais leis sancionadas ou em tramitação e decretos publicados, como a Lei Orgânica da Cultura (LOC), o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil, a Lei de Uso e Ocupação do Solo, o Código de Obras e Edificações do Distrito Federal, além da Lei dos Puxadinhos e a que instituiu o Instituto Hospital de Base do DF.

Relatórios — reúne documentos a exemplo dos relacionados ao ajuste fiscal e à crise hídrica, às mensagens encaminhadas à Câmara Legislativa e aos relatórios de atividades anuais do governo.

Fonte: Agência Brasilia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.