Raimundo Ribeiro será presidente da Adasa no governo Ibaneis

Comissão de Meio Ambiente aprovou nome de Ribeiro

O deputado Raimundo Ribeiro (MDB) será o presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa-DF) no governo de Ibaneis Rocha. Atendendo a pedido do gabinete de transição, o governador Rodrigo Rollemberg submeteu à Câmara Legislativa a indicação do distrital para ocupar o cargo por um período de cinco anos. O parlamentar foi sabatinado, na tarde desta quarta-feira (12), e teve o nome aprovado pela Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo (Cdesctmat).

Conhecido crítico do governo Rollemberg, Ribeiro agradeceu ao governador pelo envio da mensagem ao Legislativo. O distrital concorreu no último pleito, mas não alcançou os votos necessários à reeleição. Ele também se dirigiu ao governador eleito, ao falar sobre suas expectativas na gestão da Adasa. "Agradeço a confiança de Ibaneis Rocha ao me colocar à frente de uma instituição cuja finalidade está na pauta do cotidiano", afirmou, salientando a crise hídrica.

Ao ser questionado pelo deputado Bispo Renato Andrade (PR), presidente da CDESCTMAT, Raimundo Ribeiro disse que irá apresentar um plano para resolver os problemas na área de atuação da Adasa. "Estamos diante de vários desafios, mas soluções existem, e ainda contaremos com um corpo técnico de alto nível", declarou.

O parlamentar também respondeu perguntas dos deputados Chico Vigilante (PT), Joe Valle (PDT) e Wasny de Roure (PT), que elogiaram a indicação. Sobre a tarifa mínima de água, por exemplo, ele disse que vai seguir a posição da maioria na diretoria colegiada da agência. Em relação à ocupação desordenada em áreas de nascentes, opinou por ações enérgicas e rápidas para coibir invasões. A escolha do parlamentar para a Adasa também foi aplaudida por Agaciel Maia (PR), Wellington Luiz (MDB), Telma Rufino (Pros) e Claudio Abrantes (PDT).

A Adasa, que também tem função fiscalizadora, foi criada pela Lei nº 3.365/04, como autarquia, órgão independente, dotado de autonomia patrimonial, administrativa e financeira, com prazo de duração indeterminado, e teve suas competências ampliadas pela lei 4.285/08. A área de atuação da agência inclui, além dos diversos usos da água, a energia e o saneamento básico, a distribuição de gás canalizado, do petróleo e seus derivados.

Marco Túlio Alencar
Fotos: Carlos Gandra/CLDF
Comunicação Social - Câmara Legislativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.