Temporal cria 'cachoeira' em túneis do Metrô, derruba árvores e causa lentidão no trânsito do DF

Vidros das janelas da Secretaria de Educação também foram quebrados por causa da chuva; ninguém se feriu; diz pasta. Bombeiros atenderam chamados em pelo menos seis regiões.

Por G1 DF e TV Globo

Chuva causa vazamento em túneis do Metrô-DF

A chuva forte que atingiu o Distrito Federal no fim da tarde desta sexta-feira (22) invadiu os túneis do Metrô e criou "cachoeiras" ao longo dos terminais. Vídeos enviados à reportagem mostram vazamentos entre as estações Concessionárias, em Águas Claras, e Praça do Relógio, em Taguatinga.

Em nota, o Metrô-DF explicou que o vazamento vem ocorrendo na tubulação de águas pluviais das vias urbanas que passam acima da linha dos trens. Segundo a companhia, a "água atinge o túnel da estação Praça do Relógio e cai na via".

O Metrô-DF disse que, apesar do volume, o vazamento "não provoca nenhum problema técnico na circulação dos trens", porque a via tem um sistema de drenagem que escoaria a água do teto. No comunicado, a empresa não informou se planeja realizar alguma obra para evitar esse tipo de incidente.

Quedas de árvores

O temporal também derrubou árvores em diferentes regiões do DF. No Sudoeste, o Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar troncos que interditaram uma via na Quadra 101 (veja vídeo abaixo).

Chuva derruba árvores no Sudoeste

Além dessa ocorrência, a corporação informou que recebeu registros de queda de árvores na Asa Sul, Guará, Lago Sul, Lago Norte e Ceilândia até as 19h40 desta sexta. Segundo os militares, até esse horário, não havia informações sobre feridos.

Motoristas relataram lentidão na volta para casa. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) disse que várias saídas do centro de Brasília apresentaram engarrafamentos. A faixa reversa para o Colorado, que liga o Plano Piloto a Sobradinho, foi fechada.

Janelas quebradas

Após chuva forte, vidros de janelas da Secretaria de Educação são quebrados — Foto: Arquivo pessoal.

Vidros das janelas do prédio da Secretaria de Educação do Distrito Federal, na 607 Norte, foram atingidos pela ventania. A pasta confirmou o ocorrido e afirmou que, apesar do susto, ninguém se feriu.

Temporal quebra vidros de janelas da Secretaria de Educação, em Brasília — Foto: Arquivo pessoal


De acordo com a Educação, a equipe de manutenção do edifício foi chamada e um "novo vidro deve ser instalado nos próximos dias".

Alerta

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de chuvas fortes para todo o DF até as 8h de sábado (23). Segundo o aviso, há possibilidade de ventos intensos – entre 40 e 60 km/h –, e chuvas de até 50 milímetros neste período.

O grau de severidade do aviso é de "perigo potencial". Ainda assim, é baixo o risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Cuidados

Diante do alerta, o Inmet faz as seguintes recomendações:

Evite usar aparelhos eletrônicos ligados a tomadas;
Em caso de rajadas de vento, é importante não se abrigar debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas;
Não é recomendado estacionar veículos perto de torres de transmissão e de placas de propaganda.

Em caso de dúvidas, a recomendação é fazer contato com a Defesa Civil (telefone 199) e o Corpo de Bombeiros (193).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.