Vice-governador ouve feirantes do Shopping Popular

Comerciantes levam reivindicações ao GDF, que se propõe a estudar meios para melhorar a estrutura do local.
EMANUELLE COELHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

O vice-governador do DF, Paco Britto, reuniu-se nesta segunda-feira (25) com representantes da Associação dos Lojistas Empreendedores e Usuários do Shopping Popular de Brasília para ouvir as reivindicações da categoria.

Os comerciantes reivindicam a implantação do posto de atendimento do Na Hora; embarque e desembarque de passageiros do trem vindo do entorno na parte dos fundos do shopping; a transferência dos ônibus do entorno do Touring para a Rodoferroviária; atualização do cadastro dos feirantes; levantamento dos boxes fechados e retomada dos mesmos para que sejam repassados; e, ainda, a renovação do Termo de Permissão de Uso do Shopping Popular de Brasília pelo GDF junto à Secretaria de Patrimônio da União (SPU).

Estrutura

Inaugurado há 11 anos, o shopping tem uma área de 20 mil metros quadrados e 1,5 mil – dos quais, segundo a categoria, apenas 200 estão em funcionamento. “Não temos como nos sustentar; precisamos de ajuda, pois estamos com dificuldades de sobreviver”, relata Gilvandro Ramalho, presidente da Associação dos Lojistas Empreendedores e Usuários do Shopping Popular de Brasília.

Os comerciantes dizem lidar com sérios problemas no local. “Nos entregaram um sonho e depois tiraram de nós, nos deixando ao deus-dará”, reclama o feirante Luiz Gonzaga Ataíde Pereira. “Tive que dispensar cinco pessoas que trabalhavam comigo. ”

Paco Britto defende a necessidade de repensar o Shopping popular e dar dignidade para os lojistas. “Estamos aqui para defendê-los. Do jeito que está, a estrutura não sustenta os comerciantes”, destaca o vice-governador. Ele explica que serão realizadas novas reuniões e sinaliza a necessidade de fazer um cadastramento dos comerciantes.

Participaram do encontro o subsecretário de Mobiliários Urbanos e Apoio às Cidades, Cléber Monteiro; o titular da Gerência de Feiras e Shoppings Populares, ligada à Secretaria Adjunta das Cidades, Franklin Márcio; o subsecretário do Na Hora, Tiago Santana, e o secretário de Obras do GDF, Izídio Santos Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.