Ex-presidente Michel Temer é preso

Mandado de prisão também foi expedido para o ex-ministro de Minas e Energia, Moreira Franco

Repórter Thiago Marcolini

O ex-presidente da República Michel Temer foi preso na manhã desta quinta-feira (21) no Rio de Janeiro. O mandado de prisão foi expedido no âmbito da operação Lava-Jato, pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, que também pediu a detenção do ex-ministro de Minas e Energia, Moreira Franco.

Michel Temer responde a dez inquéritos. Cinco deles que tramitavam no Supremo Tribunal Federal (STF), pois foram abertos na época em que ele era presidente, foram encaminhados à primeira instância depois que Temer deixou o cargo. Os outros cinco foram autorizados pelo ministro Luís Roberto Barroso em 2019, quando o ex-presidente já não tinha foro privilegiado.

Na operação Lava Jato, Temer é alvo de denúncias do delator José Antunes Sobrinho, dono da empreiteira Engevix. O empresário contou à Polícia Federal que pagou um milhão de reais em propina ao ex-ministro Moreira Franco, com o conhecimento de Temer.

Formado em Direito pela Universidade de São Paulo (USP), o emedebista iniciou a carreira política na década de 1960, no governo estadual de São Paulo. Por 15 anos, foi o presidente do MDB. Temer foi eleito por duas vezes consecutivas vice-presidente do Brasil, na chapa de Dilma Rousseff, e chegou à Presidência em 2016, após o impeachment da petista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.