Governador recebe embaixador alemão para estreitar laços econômicos

Primeiro encontro entre as autoridades tratou do potencial que uma parceria pode representar para o Distrito Federal.

Renato Alves/Agência Brasília

O governador Ibaneis Rocha recebeu o embaixador da Alemanha, Georg Witschel, no Palácio do Buriti nesta segunda-feira (3). O primeiro encontro entre as autoridades tratou do potencial econômico que uma parceria pode representar para o Distrito Federal. As cooperações podem surgir em projetos de mobilidade urbana, meio ambiente, saneamento e resíduos sólidos, por exemplo. A possibilidade de levar o idioma e cultura às escolas também foi tratada.

“Estamos em uma fase muito boa no DF. Estamos buscando fazer uma legislação para que o DF assuma o protagonismo em novas tecnologias. Também implementamos uma série de benefícios fiscais aos empresários, trouxemos voos internacionais, reduzimos a carga tributária do combustível de aviação para viabilizar maior número de linhas aéreas”, elencou o governador. “Está na hora de a gente buscar outros.”

Ao embaixador, o chefe do Executivo, pediu auxílio. “Queremos fazer intercâmbio para trazer tecnologia. Temos um parque tecnológico em implantação para ser explorado. A vinda da Alemanha traz para o Centro-Oeste uma gama de possibilidades”. A articulação foi bem recebida por Georg Witschel, que confirmou: “É desafio de atrair empresas alemãs”.

Para estreitar laços e apresentar a capital aos empresários germânicos, ele propôs que a capital seja apresentada no Encontro Econômico Brasil-Alemanha, que ocorrerá no próximo mês em Natal (RN). “Talvez seja o melhor palanque para atrair e informar. São 800 empresas e um quarto de empreendedores alemães”, apontou.
Educação

O governador ainda apresentou ao Embaixador o projeto da Secretaria de Educação com a Secretaria de Relações Internacionais, o Escola Intercultural Bilíngue, que leva cultura estrangeira para as salas de aula da capital. “Já que temos mais de 180 representações internacionais, aproveitamos o aproveitando o contraturno das escolas, levando idioma, cotidiano e esportes para essas crianças e adolescentes. Estamos refazendo a vida delas, dando um futuro. Isso ajuda porque desenvolve a mente, uma segunda língua, uma segunda oportunidade”, argumentou.

A possibilidade foi bem recebida por Georg Witschel, que deixou abertas as portas da embaixada. A primeira parceria celebrada nesse sentido foi a Embaixada da França e há tratativas com os órgãos que representam Espanha e China.
Processo “de tijolinho”

A reunião aconteceu menos de um mês após a viagem do vice-governador, que liderou missão à Europa em busca de parcerias e investimentos para projetos da capital. A comitiva visitou empresas e firmou acordo de intenção com a PFM Medical AG para instalações de indústrias de equipamentos e produtos hospitalares no Distrito Federal. A conquista foi destacada por Paco Britto.

“O processo é de tijolinho. Uma empresa atrai outra. Isso é o começo de um processo que não podemos assegurar qual é o fim porque fazemos parte do Brasil, mas o DF, como o governador ressaltou tem condições que vão permitir que na hora da retomada econômica a gente saia na frente”, analisou o secretário de Relações Internacionais, Embaixador Pedro Luiz Rodrigues. Para ele, se os contatos estiverem estabelecidos, há maior facilitação.

Também participaram do encontro o secretário de Fazenda, Orçamento e Gestão André Clemente, e o secretário de Meio Ambiente Sarney Filho. “A Alemanha tem um grande interesse na área ambiental. Ela cada vez mais valoriza o diferencial da sustentabilidade. Como temos diagnósticos sobre nossas emissões e bons projetos sobre nascentes, águas e adaptação climática, temos um diferencial importante”, afirmou o secretário de Meio Ambiente Sarney Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.