Dia Internacional da Juventude é comemorado em Ceilândia

Ação promovida pelo GDF tem corte de cabelo, exames preventivos de saúde e emissão da ID jovem.
Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

O Dia Internacional da Juventude, celebrado em 10 de agosto, está sendo comemorado com festa e ações sociais neste sábado, no estacionamento do Centro de Juventude de Ceilândia. Apresentações artísticas e musicais, aulas de culinária, cortes de cabelo, aferição de pressão e emissões da ID (identidade) Jovem, tudo gratuitamente, são algumas das ações promovidas pelo Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Juventude. O evento começou às 10 h e vai até as 17 h.

Os jovens representam um terço da população do DF, de acordo com o secretário da Juventude, Léo Bijos. São cerca de 800 mil pessoas, com idade entre 15 e 29 anos, o que motivou o governador Ibaneis Rocha a criar uma pasta com ações públicas voltadas a esse grupo de cidadãos.

Segundo Bijos, com a secretaria, o governo deixa de ser só assistencialista e passa a ser também emancipador dessa parcela da sociedade que era vista como futuro da nação, mas hoje enfrenta problemas como desemprego e falta de perspectiva profissional. “A juventude precisa de novas oportunidades de emprego e renda, mas, sobretudo, precisa resgatar a autoestima e a experiência de coletividade”, acredita.

O GDF conta com três centros da Juventude: em Samambaia, em Ceilândia e na Estrutural. Por lá, jovens interessados em empreendedorismo são orientados a como ter o próprio negócio e gerar renda. Além disso, há a Casa do Empreendedor, em Taguatinga, que tem o suporte de várias secretarias, oferece cursos gratuitos para capacitar os jovens a entrarem no mercado de trabalho.

ID Jovem
Além de meia entrada em eventos culturais e esportivos, a carteira de identidade jovem dá direito a população entre 15 e 29 anos, com renda de até dois salários mínimos, a gratuidade em viagens de ônibus interestaduais. A garantia prevista pelo Estatuto da Juventude (lei nº 12.852/2013, decreto nº 8.537/2015), foi regulamentado em 2016 pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

A resolução prevê a reserva, por viagem, de duas vagas gratuitas para jovens de baixa renda. Esgotadas as vagas gratuitas, outras duas devem ser garantidas com desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens. Esse benefícios são válidos apenas para viagens em ônibus convencionais e entre estados.

Para tirar a ID Jovem é preciso apresentar comprovantes de renda pessoal ou da família, de endereço e estar incluído no cadastro único do governo federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.