Fundação firma convênio com UnB e Finatec para modernizar processos de trabalho

Instituições promoverão atividades conjuntas visando o aperfeiçoamento técnico dos instrumentos de controle e de gestão governamental da FAPDF.
Agência Brasília *

Iniciativa contará com a atuação de profissionais de diversos setores da academia | Foto: FAPDF / Divulgação

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) firmou, nesta quinta-feira (15/8), um convênio de cooperação técnico-científica com a Fundação Universidade de Brasília (FUB) e a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec) para o desenvolvimento do “Projeto de Modernização – FAPDF como ambiente promotor de inovação”. A iniciativa contará ainda com a atuação de profissionais do Centro de Estudos Avançados de Governo e Administração Pública (Ceag/UnB) e da Faculdade de Administração, Contabilidade, Economia e Gestão de Políticas Públicas (Face/UnB).

O documento foi assinado pelo presidente da FAPDF, Alexandre Santos, pela reitora da Universidade de Brasília (UnB), Márcia Abrahão Moura, e pelo diretor-presidente da Finatec, Armando de Azevedo Caldeira Pires. A mesa de honra contou também com a presença do diretor da Face/UnB, Eduardo Vieira, e do diretor do Ceag/UnB, Luiz Oliveira.

Alexandre Santos assinalou a importância do convênio para a modernização dos processos de trabalho da Fundação, o que refletirá de forma positiva para todo o ecossistema de inovação do DF e para a sociedade. “Para a FAP, hoje é um dia muito importante com a assinatura desse convênio, que, na verdade, talvez seja o mais importante de todos. Ele trata de um processo necessário e urgente de modernização para colocarmos a Fundação no século 21. O governador Ibaneis Rocha, logo no início da gestão, nos colocou a tarefa de conseguir uma plena execução e sem essa parceria nós não teremos condições de nos organizar para fazer frente a esse desafio. Com certeza será uma mudança de paradigma e contribuirá para colocar o DF em um lugar ainda mais honroso, como uma cidade síntese do futuro!”, comemorou o presidente da FAPDF.

A reitora da UnB também comemorou a parceria e destacou a competência dos profissionais da universidade para realizar o projeto. “A FAPDF está executando uma série de ações e parcerias para conseguir executar de maneira adequada seus recursos e eu fico feliz de ver nossa equipe trabalhando em parceria. Ficamos muito felizes em ver que é um projeto de modernização, pois a nossa competência aqui é indiscutível, a equipe da Face tem realizado projetos com órgãos em toda a Esplanada. O mais importante, além de tudo, é a consciência das pessoas de que não há mais a necessidade do papel e é importante trabalhar essa questão cultural. Sabemos que não é um processo rápido, mas temos certeza de que a FAPDF, assim como a UnB, vai conseguir avançar”, afirmou Márcia Abrahão.

Já o presidente da Finatec ressaltou que o convênio celebra a finalidade das instituições envolvidas e irá beneficiar a sociedade. “Vir aqui e participar desse convênio, cuja característica está no DNA da Finatec desde o início, é muito gratificante. E esperamos que todo esse conhecimento que está na cabeça dos professores e pesquisadores dessa instituição possa escoar para onde a sociedade necessita por meio da FAPDF, que tem o papel de fazer a interlocução entre essas esferas”, declarou Armando Pires.

Como vai funcionar

Ao longo de 12 meses, uma equipe do Ceag/UnB realizará, entre outras ações, o mapeamento e a implantação de processos formais de trabalho, a identificação e o aperfeiçoamento de boas práticas e a cristalização de procedimentos e comportamentos.

“Estou muito feliz em oficializar esse convênio em nome do Ceag. Nós começamos essa construção em 2018 e, na gestão atual, conseguimos concretizar. E para isso foi importante o apoio e a compreensão da FAPDF, da Finatec e da UnB e seus respectivos decanatos, cujo apoio foi muito importante. O Ceag tem uma lógica matricial e isso permite que consigamos trabalhar com professores de vários institutos e faculdades, confere agilidade na busca das expertises que a gente precisa para os projetos em que trabalhamos”, afirmou o diretor do Centro, Luiz Oliveira.Dirigentes e acadêmicos posam após formalização da parceria | Foto: FAPDF / Divulgação

A instituições envolvidas promoverão atividades conjuntas visando o aperfeiçoamento técnico dos instrumentos de controle e de gestão governamental da Fundação. O convênio prevê ainda a possibilidade de participação dos servidores das conveniadas em cursos de capacitação e de desenvolvimento profissional, seminários e simpósios voltados para a finalidade do trabalho a ser desenvolvido.

Para o desenvolvimento do projeto, a FAPDF investirá R$ 2.497.800,00, montante que será repassado à Finatec, a quem caberá a responsabilidade pela gestão administrativa e financeira dos recursos na execução de atividades previstas no convênio. Em contrapartida, a Finatec disponibilizará cursos de aperfeiçoamento de recursos humanos aos servidores da FAPDF em áreas compatíveis com a sua missão institucional.

“Esse momento marca a afirmação de que a universidade continua buscando soluções e parcerias para resolver as demandas da sociedade e do governo. A Face, como uma grande tocadora de projetos, apesar de todas as dificuldades, segue trabalhando porque acredita que esse é o caminho para a universidade, essa atuação em parceria com diversos entes da sociedade, públicos e privados, cumprindo seu papel social. O Ceag foi o primeiro centro de apoio a estudos de governo e ele vem cumprindo este papel, e a prova disso é esse convênio. Podem ter certeza que sairá dessa nossa parceria um produto de qualidade”, ratificou o diretor da Face/UnB, Eduardo Vieira.

Registro de presenças

O evento também contou com a presença da vice-presidente da FAPDF, Elisabete Alcântara Lopes; da decana de Pós-Graduação da UnB, Adalene Moreira Silva; do decano de Assuntos Comunitários da UnB, Ileno Izídio da Costa; da decana de Planejamento, Orçamento e Avaliação Institucional, Denise Imbroisi; da diretora do Decanato de Pesquisa e Inovação da UnB, Cláudia Naves Amorim, representando a decana, Maria Emília Walter; do diretor-técnico de Graduação, Wilson Teodoro, representando o decano de Ensino de Graduação da UnB, Sérgio Freitas; do professor Silvano Pereira, representando a diretora do Parque Científico e Tecnológico da UnB, Renata Aquino; do diretor do Instituto de Ciência Exatas da UnB, Gladston da Silva; e da decana de Administração da UnB, Maria Lucília dos Santos.

* Com informações da Fundação de Apoio à Pesquisa do DF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.