Semana do Cerrado movimenta o DF em setembro

Com o tema Cidades Sustentáveis, jornada visa conscientizar a população para a adoção permanente de práticas sustentáveis
Agência Brasília*

| Foto: André Borges / Agência Brasília

A Semana do Cerrado 2019, evento coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) para marcar o Dia Nacional do Cerrado (11 de setembro), será aberta no domingo (8/9) no Jardim Zoológico de Brasília e segue até o dia 14 com eventos simultâneos de encerramento na Prainha do Paranoá, no Jardim Botânico de Brasília e no Parque de Águas Claras, onde a Orquestra Sinfônica de Brasília faz uma apresentação especial. Com o tema Cidades Sustentáveis, a semana pretende conscientizar a população para a adoção permanente de práticas sustentáveis.

Presente em 13 estados brasileiros, o Cerrado é o segundo maior bioma do Brasil, sendo superado apenas pela Amazônia. Marcado pela diversidade biológica, já perdeu 50% da sua cobertura natural e requer esforços concentrados em torno de sua preservação.

“O Cerrado é o berço das águas. É aqui, de uma única nascente, que brotam águas que vão percorrer mais de cinco mil quilômetros, para o norte e para o sul, formando duas das maiores bacias hidrográficas, a Tocantins e Paraná. É o fenômeno das Águas Emendadas”, afirma o titular da Sema, Sarney Filho.

Para ele, a Semana do Cerrado traz o diferencial de envolver o público com atividades dinâmicas e variadas com foco na educação ambiental. Também foram escolhidos lugares em que a Sema e suas vinculadas (Brasília Ambiental, Agência Reguladora de Águas – Adasa e Jardins Zoológico e Botânico) têm atuação marcante.

“As atividades da semana vão passar, com foco no lúdico, muitas informações importantes para que as pessoas conheçam mais as características do nosso bioma e se sintam responsáveis e capazes de também cuidar dele. Por isso pensamos em eventos que atraíssem toda a família”, declarou.| Foto: Renato Araújo / Agência Brasília

Sarney Filho também destacou o caráter colaborativo do evento, formatado em parceria com órgãos do GDF, setor produtivo e organizações da sociedade civil. “O evento foi antecedido por muitas reuniões, conversas, trocas e parcerias. Vários órgãos adequaram sua programação cultural para fazer parte da Semana do Cerrado”, explica a consultora da Sema Luciana Abade.

Unindo música, artes plásticas, oficinas, palestras, dança, a programação da semana tem sua abertura, no zoológico, marcada pela variedade. Serão realizadas atividades de educação ambiental, exposição de fotos, oficina de germinação de sementes nativas e apresentações de mágicos e malabaristas.

No mesmo dia, das 8h às 10h, em Sobradinho, ocorre uma cavalgada na Rota do Cavalo, como incentivo ao turismo rural sustentável. Na ocasião a Sema, em parceria com a Secretaria de Turismo do DF, lança o Decreto de Regulamentação da Rota, já utilizada por adeptos da prática na região.

No Dia Mundial do Cerrado, alunos de escolas de públicas e privadas de Brasília estarão na Embaixada da Bélgica para uma tarde educativa sobre o bioma. A rodada de conhecimento é fruto de parceria entre a embaixada e órgãos do GDF, como o Brasília Ambiental e a Adasa.| Foto: Pedro Ventura / Agência Brasília

Entre os dias 11 e 14 de setembro, das 18h à meia-noite, o artista plástico Siron franco exibe projeção sobre as cachoeiras do Cerrado e as queimadas, na cúpula do Museu da República. No local, durante toda a semana, o público poderá trocar lixo eletrônico por copos ecológicos desenhados por Franco e outros artistas, como Ralfe Braga, Mão, André Ramos e Dama. Outros pontos de coleta serão fixados em pontos estratégicos dos eventos da Semana do Cerrado pela ONG Programando o Futuro.

De 12 a 14 de setembro, das 10h às 19h, será realizada no Teatro Nacional a Feira de Orquídeas do Cerrado, com exibição e venda de várias espécies do bioma, em especial a rara Cattleya walkeriana.

Encerramento

Na Prainha do Paranoá a ação Lago Limpo ocorre das 10h às 15h, promovida pela Adasa. O evento terá oficinas, brincadeiras, apresentações das bandas do Corpo de Bombeiros e do Grupo de Batalá, de percussão feminina. Também serão realizadas atividades náuticas em parceria com a ONG Ocupe o Lago e atividades esportivas (yoga, zumba e fit dance).

No Jardim Botânico de Brasília será realizada, das 8h às 17h, uma feira de sustentabilidade com produtos naturais e do Cerrado. Haverá ainda artesanato, decoração, biojoias e cosméticos, feira de alimentos orgânicos, exposição com artistas plásticos, educação ambiental especial e oficina sobre hortas orgânicas.

No Parque de Águas Claras a ação vai das 9h às 19h com feira orgânica, palestra sobre alimentação saudável, atividades de educação ambiental promovidas pelo Brasília Ambiental e pelo Zoológico, e uma apresentação especial da Orquestra Sinfônica de Brasília.

Programação

9 a 13 de setembro

12h às 14h – “Cá entre Nós” – Palestras de vinte minutos com convidados que fazem a diferença em termos de sustentabilidade no DF batem um papo informal com o público.

Público-alvo

Trabalhadores do Setor Comercial Sul, Praça do Relógio, Feira da Ceilândia, Feira do Guará e Feira dos Importados.

9 a 13 de setembro

Cursos de boas práticas para a comunidade pelo Brasília Ambiental. A ideia é compartilhar ideias que possam ser inseridas no dia a dia das pessoas, como o uso de ervas medicinais, plantio de mudas, germinação de sementes e compostagem.

Local
Centro de Práticas Sustentáveis, Jardim Mangueiral.
10 e 12 de setembro

Ações direcionadas aos estudantes que participam do Parque Educador, projeto pioneiro da Secretaria de Educação do DF. Os alunos produzirão telas gigantes sobre o tema Cerrado, que serão exibidas na exposição “Salve Meu Cerrado”, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), entre os dias 17 e 19 de setembro.

Local

Parques Saburo Onoyama (Taguatinga), Águas Claras, Três Meninas (Samambaia), Sucupira e Esecae (Planaltina), Riacho Fundo e Dom Bosco (Lago Sul). Os alunos produzirão telas gigantes sobre o tema Cerrado a serem exibidas na exposição “Salve Meu Cerrado”, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), na semana seguinte à do evento, de 17 a 19 de setembro.

13 de setembro

Forró-terapia com professores de dança voluntários (atividade voltada a pessoas acima de 60 anos)

A partir das 16h

Local

Parque Sucupira, Planaltina





* Com informações da Secretaria de Meio Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.