Ceasa vai construir mercado modelo com ajuda da iniciativa privada

Grupo de trabalho estuda parceria público-privado para potencializar uso dos espaços e ampliar oferta de emprego. Edital de manifestação de interesse deve sair em 30 dias.

Pelo menos um dos galpões da Ceasa-DF, localizados no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), será transformado em um mercado modelo: o Mercado Central de Brasília. A proposta foi manifestada pelo presidente da Companhia, Wilder Santos, após a publicação no Diário Oficial do DF desta terça-feira (8) do Ato nº 218, que institui grupo de trabalho para estudar possíveis Parceria Público Privadas (PPP) com objetivo de viabilizar a proposta. 

“A ideia é criar um grande mercado como o Municipal de São Paulo, um verdadeiro shopping rural para comercialização de todo tipo de produto do campo”, prevê. Segundo ele, em 30 dias, as centrais devem publicar o chamamento público de interessados, que deverão investir cerca de R$ 40 milhões nas obras de adequação do espaço. 

“Vamos dispor de pelo menos 30 mil metros quadrados para a criação desse mercado modelo”, detalha. No edital que será publicado no próximo mês, ele afirma, serão apresentados os modelos de negócios possíveis. 

“Nosso objetivo é melhorar a prestação de serviços à população, mas também criar novos postos de trabalho”, afirma. Num primeiro momento, Wilder avalia que será possível a geração de pelo menos 500 novos empregos diretos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.