Detran-DF realiza o 1º leilão de veículos e sucatas do ano

Evento será no Núcleo Bandeirante nos dias 27 e 28. Dos 950 à venda, 350 estão conservadosAgência Brasília

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal promove o 1º leilão de veículos e sucatas de 2020, nos dias 27 e 28 de janeiro, no Centro Comunitário do Núcleo Bandeirante, a partir das 9h.

Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

No total, 950 veículos estão à venda, sendo 350 veículos conservados e 600 sucatas. Entre os veículos destinados à circulação está o Nissan Frontier, ano 2011, preto, com lance mínimo de R$ 6 mil – seu valor de mercado está, em média, R$ 54 mil. E uma Saveiro, ano 2014, branca, com lance mínimo de R$ 4 mil, com valor de R$ 40 mil na tabela Fipe.

A exposição dos veículos acontece de 20 a 24 de janeiro, das 8h30 às 17h30, permitida apenas avaliação visual.

Veja onde os veículos estarão disponíveis

– Lotes 001 ao 199; 200 ao 399; 500 ao 699; – Pátio da Flexleilões, situado no STRC Sul Trecho 02 Conjunto B Lote 02/03 (próximo ao Detran do SIA);

– Lotes 400 ao 499 e 1000 e 1001 – Pátio da Polícia Rodoviária Federal na BR 040, KM 0 (Posto Alfa – Santa Maria/DF);

O leilão ocorrerá, na modalidade presencial ou on-line, nos dias 27 de janeiro com veículos classificados como sucata e dia 28 de janeiro com automóveis destinados à circulação e motocicletas na condição de conservadas. 

Os proprietários dos automóveis selecionados têm até dia 24 de janeiro para comparecer à unidade do Detran de Taguatinga e regularizar a situação do seu veículo, sob pena de serem levados a leilão público.

Participação no leilão

Em lotes classificados como conservados – aqueles destinados à circulação – poderão oferecer lances as pessoas físicas e jurídicas com inscrição no Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do Ministério da Fazenda e possuidores de documento de identidade.

A compra dos lotes classificados como sucatas aproveitáveis ou sucatas aproveitáveis com motor inservível, motor suprimido, pode ser feita apenas por empresas do ramo do comércio de peças usadas reguladas pela Lei n° 12.977, de 20 de maio de 2014, sendo necessária a comprovação no ato de credenciamento perante o leiloeiro, com a apresentação do Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral (emitido no mês), Contrato Social, CNPJ, RG e CPF do representante legal.

O edital do leilão e o catálogo de veículos, que trazem as condições para a arrematação e os lances mínimos, estão disponíveis no site www.detran.df.gov.br e nos locais de visitação.

* Com informações do Detran-DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.