Delmasso sugere que cada distrital destine R$ 600 mil para compra de cestas básicas


Vice-presidente da CLDF, deputado Delmasso (Republicanos). Foto: Divulgação

Em sessão virtual, deputados debatem medidas de enfrentamento social à crise do coronavírus

Em sessão virtual da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) na tarde desta terça-feira (31), os deputados distritais debateram a compra e distribuição de cestas básicas às pessoas em situação de vulnerabilidade, agravada pela pandemia de Covid-19.

Segundo o vice-presidente da CLDF, deputado Delmasso (Republicanos), são necessárias cerca de 1.200 cestas básicas por dia no Distrito Federal. O parlamentar conversou com o secretário interino de Desenvolvimento Social do DF, José Humberto Araújo, hoje pela manhã, que lhe relatou a dificuldade orçamentária da pasta para atender à demanda de cerca de 30 mil pessoas durante o período da quarentena.

Delmasso, então, sugeriu que cada deputado destine R$ 600 mil da cota de emendas parlamentares para a compra das cestas. Ele acrescentou que o segmento evangélico pode auxiliar na distribuição dessas cestas básicas devido à capilaridade do setor.

Calamidade Pública – O deputado Delmasso elogiou o presidente da CLDF, deputado Rafael Prudente (MDB), pela agilidade em acatar sua sugestão e solicitar ao governador do DF, Ibaneis Rocha, que encaminhe mensagem à Casa, o mais rápido possível, a fim de declarar o Distrito Federal como estado de calamidade pública em virtude da pandemia.

A deputada Arlete Sampaio (PT), que também é médica sanitarista, destacou que o DF tem a maior incidência de contaminados com o coronavírus proporcionalmente ao número de habitantes. Ela elogiou as medidas de isolamento e prevenção adotadas pelo GDF, inclusive a possibilidade de estender a quarentena até o mês de maio. Do mesmo modo, o deputado Fábio Felix (PSOL) considerou corretas as medidas de isolamento social. Ele argumentou que, neste momento, os governos devem adotar posturas estritamente baseadas em critérios técnicos e científicos.

*Com informações da CLDF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.